Anatomia de um Grande Scrum Master

Categorias Scrum

FACILITADOR

Scrum Master ajuda o Scrum Team a atingir seus objetivos comuns em reuniões formais e informais.
boat retrospective

Scrum Master ajuda o Scrum Team a atingir seus objetivos comuns em reuniões formais e informais.

Segundo o ScrumGuide, o Scrum Master é o facilitador oficial de todas as cerimônias do Scrum. O Scrum Team deve aproveitar esse conhecimento propondo que ele facilite todas as reuniões formais que por ventura aconteçam.

Tomando dois exemplosComo exemplo de reuniões que poderiam ser facilitadas,: o Product Owner vai se reunir com os diretores da empresa para obter mais budget para o projeto e o DevTeam está com problemas para definir a arquitetura do sistema.

No primeiro caso o Scrum Master poderia ajudar o Product Owner na definição de um fluxo para a reunião. No segundo caso o Scrum Master atuaria aplicando uma técnica de facilitação. Como exemplo ele poderia usar o agilearchitecturecanvas para que os membros do DevTeam encontrem uma solução de arquitetura inicial.

Não podemos esquecer da cerimonia de Sprint Retrospective, que é facilitada pelo Scrum Master. Uma leitura básica sobre o tema é o o livro Agile Retrospectives da Ester Derby.

Pensem em reuniões informais que precisam ser facilitadas, todas as conversas difíceis que ocorrem em um dia de trabalho. Se você começou a perder a conta do número de conversas difíceis que você faz por dia, acredite você não é o único.

Todo o tempo que Scrum Master agir como facilitador ele deverá permanecer “neutro” na discussão e não tomar partidos.

REMOVEDOR DE IMPEDIMENTOS

Infelizmente remover um impedimento leva tempo e um Scrum Master precisa entender o impedimento e sua causa raiz.

Na resolução do impedimento o Scrum Master irá usar todo o seu conhecimento da estrutura da organização para falar com as pessoas certas e também usar suas habilidades de comunicação e facilitação.

Existe um ponto importante que o Scrum Master precisa deixar claro para o Scrum Team: a diferença entre problema e impedimento.

Problema pode ser definido como tudo aquilo que bloqueia um membro do Scrum Team de realizar seu trabalho, todavia o dono do problema consegue resolvê-lo sem prejudicar a Sprint Goal.

Impedimento é o que bloqueia um membro do Scrum Team de realizar seu trabalho e ele não tem capacidade para removê-lo.

Resolver impedimento é uma responsabilidade do Scrum Master – já resolver um problema é de responsabilidade do proprietário do problema.

COMPROMETIMENTO

Teamwork and team spirit

Scrum Master deve estar comprometido com o sucesso da equipe Scrum. O Scrum Master deve compreender a ideia de que ele faz parte do Scrum Team.

Desta forma, precisa estar  tem que ser claro que ele participa de uma situação na qual todos ganham e perdem juntos. Um Scrum Master que não percebe isso dificilmente se esforçará o necessário, pois ele precisa usar de sua criatividade, coragem e foco para remover impedimentos ou ser o Agente de Mudança.

A história fica pior se ele estiver em mais de um time ou executar mais de uma função. Nesse caso ele poderá inconscientemente desistir de seguir o caminho.

Comprometimento em sua forma ampla pode ser considerado uma característica geral. Todavia podemos refletir na característica em se comprometer com o resultado de um time mais que com o resultado direto do trabalho como uma habilidade.

AGENTE DE MUDANÇA

A energia gasta pelo Scrum Master como agente de mudança está fortemente relacionada à adoção de Scrum ou Agile. Scrum Master terá gasto mais energia quando a empresa começar a adotar Scrum e aparentemente esse tipo de energia irá diminuir ao longo do tempo.

Na prática, o trabalho do Scrum Master como um agente de mudança nunca vai parar, porque quando ele resolver um gargalo, outro gargalo ira aparecer e precisará ser resolvido.

Desta forma, o trabalho do Scrum Master como um agente de mudança nunca para. Todavia a natureza do trabalho e a complexidade das mudanças mudam ao longo do tempo.

Agile Coach and Mentor
Hoje sou Agile Coach com o objetivo de ajudar profissionais na transição para o mundo da agilidade. Trabalhei mais de 10 anos no Ecossistema Java e a mais de cinco anos com Scrum e Agilidade. Co-criador do agilidade.org. Professor universitário de pós-graduação e graduação na área de tecnologia por mais de 7 anos.
  • Olá Anderson, parabéns pelo post. Você colocou muito bem que na verdade estamos conectando pessoas com pessoas e que também não há bala de prata, temos que entender o cenário e usar as técnicas que mais fazem sentido.
    Um ponto que acredito ser mais importante que todos esses citados, é que na minha visão, temos que ser a cola do time com o problema e com as pessoas que receberão a solução. Ou seja, sempre conectar tudo com o problema que está sendo resolvido. Isso trás a tona qual a causa que estamos trabalhando, o nosso propósito e conecta de forma profunda com o que está fazendo, é assim que vejo os resultados incríveis acontecer.

    • Anderson Hummel

      Olá Cleiton
      Obrigado pela atenção com o post 🙂
      Eu tenho um sentimento parecido com o seu, é muito importante o ScrumMaster ter um fit com as necessidades do time.
      Essas necessidades variam de time pra time e temporalmente… consegui falar sobre essa cola usando outras palavras?